© 2019. Paschoa Sociedade de Advogados

  • Branco Facebook Ícone
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca Ícone LinkedIn
  • Branca ícone do YouTube
  • Branco Twitter Ícone

+55 11 3777-9478

Avenida das Nações Unidas 14.401, Torre Tarumã, 36º andar, Cjs. 3607 a 3609

Brooklin - São Paulo/SP - CEP 04794-000

+55 11 3777-9478

Áreas de Atuação

Direito Empresarial

O Direito Empresarial, antigo Direito Comercial, é o ramo do direito que estuda as relações que envolvem a empresa e o empresário.

Direito Cível

O direito cível é o principal ramo do direito privado. Trata-se do conjunto de normas (regras e princípios) que regulam as relações entre os particulares.

Direito Imobiliário

O direito imobiliário é o ramo do direito privado que trata e regulamenta vários aspectos da vida privada, relacionadas a imóveis.

Contratos

Contrato é uma espécie de acordo entre duas ou mais pessoas, cuja finalidade é adquirir, resguardar, transferir, modificar ou extinguir uma relação jurídica patrimonial.

Propriedade Industrial

Propriedade industrial é o conjunto de direitos que compreende as patentes de invenção, os modelos de utilidade, os desenhos ou modelos industriais, as marcas de fábrica ou de comércio, as marcas de serviço e o o nome comercial.

Direito Tributário

Ramo do Direito que se ocupa das relações entre o fisco e as pessoas sujeitas às imposições tributárias de qualquer espécie, limitando o poder de tributar e protegendo o cidadão contra os abusos desse poder.

Direito do Consumidor

O direito do Consumidor tem como objeto regular relações que se constituem entre fornecedor e consumidor.

Direito Bancário

Direito bancário é o ramo do direito privado especializado no tratamento do dinheiro, das instituições vocacionadas a trabalhar com ele.

Direito de Família

O direito da família é o ramo do direito privado que se destina a reger as relações familiares, prevendo um conjunto de regras sobre a família e as relações que se estabelecem entre os seus membros.

Direito Securitário

É o ramo do direito que se dedica à defesa dos interesses das seguradoras e dos segurados, sejam Pessoas Jurídicas ou Pessoas Físicas, diante de infrações contra a lei de seguros, código civil e do código de defesa do consumidor.